Decisão referente ao som

A impressão 3D garante liberdade de design para som de qualidade superior

Entre outras coisas, o sucesso de um filme depende de imagens e som de ótima qualidade. Didier Kwak, uma celebridade da indústria audiovisual francesa, contenta-se apenas com a mais alta resolução de imagem e som. Há alguns anos, Kwak passou a perceber que o nível de qualidade das tecnologias acústicas disponíveis não estava à altura das visuais. Isso o levou a embarcar em uma jornada acústica dentro de um campo chamado de psicoacústica, ou seja, a percepção do som e seus efeitos psicológicos.

A diminuição da qualidade de áudio que Kwak havia observado desde os anos 70 no setor era devida, em grade parte, ao uso de materiais mais baratos pelos fabricantes de sistemas de som, bem como pelo aumento dos serviços de streaming de música digital. "Durante anos, os fabricantes desenvolveram dispositivos cada vez mais potentes, embora utilizando materiais de padrão inferior. Consequentemente, o resultado não corresponde às expectativas." Determinado, Kwak embarcou em uma viagem sonora para criar seu próprio sistema de áudio pessoal usando madeira e metais.

"
A manufatura aditiva permitiu-nos superar as limitações de usinagem e da manufatura tradicional, e produzir peças com formatos incomuns sob medida, com ótimo custo-benefício. Encomendamos as peças, que chegaram às nossas mãos em questão de dias, algo que seria fisicamente impossível sem as impressoras 3D da Stratasys."

Didier Kwak
Askja Audio

A Askja pode personalizar a superfície com ressaltos impressos em 3D, possibilitando "peles" diferentes para os clientes, como couro

O som da mudança

A inovação raramente ocorre sem desafios; no entanto, embora Kwak tenha recebido comentários favoráveis de colegas do setor sobre seu esforço para criar seu equipamento caseiro, ainda havia um longo caminho para percorrer até desenvolver um produto que, em suas palavras, "uniria som e arte primorosos". Com o propósito expresso de desenvolver um sistema de áudio de altíssima qualidade que atendesse a seus padrões de exatidão, Kwak fundou a Askja Audio em 2014.

Peça de amplificador impressa em 3D com resina ULTEM 9085.

Peça de amplificador impressa em 3D com pintura final.

A empresa de som pesquisou esse desafio e descobriu que a liberdade de design proporcionada pela impressão 3D permitiria que eles produzissem qualquer formato que inventassem, sem limitações geométricas. "Essa capacidade acabou sendo o alicerce para a realização do design e produção do nosso amplificador híbrido, filtros e fonte de alimentação", afirmou Kwak.

Precisando de um tamanho de montagem grande, a Askja Audio recorreu à impressora 3D Stratasys Fortus 900mc™, um sistema capaz de produzir peças muito grandes e complexas. Eles utilizaram a resina ULTEM™ 9085 e materiais ASA, que lhes deram a estabilidade dimensional e a dureza para permitir que o sinal de áudio viajasse pelos componentes eletrônicos sem distorção mecânica do compartimento. Qualquer distorção pode alterar as qualidades eletrônicas de componentes e, em última análise, a qualidade do som.

A Askja também foi capaz de redesenhar conjuntos de peças complexas, consolidando-as em apenas algumas peças grandes. "O amplificador híbrido ‘Origin‘ da Askja é uma das maiores peças e apresenta um design complicado, com formato incomum; duas questões que o tornaram praticamente impossível de produzir com métodos convencionais. Estamos falando de vários meses de espera e uma quantidade de gastos inacreditável somente para realizar a usinagem", disse Kwak.

"A manufatura aditiva permitiu-nos superar as limitações de usinagem e da manufatura tradicional, e produzir peças com formatos incomuns sob medida, com ótimo custo-benefício. Encomendamos as peças, que chegaram às nossas mãos em questão de dias, algo que seria fisicamente impossível sem as impressoras 3D da Stratasys."

A empresa de som pesquisou esse desafio e descobriu que a liberdade de design proporcionada pela impressão 3D permitiria que eles produzissem qualquer formato que inventassem, sem limitações geométricas.

O suntuoso amplificador híbrido Origin da Askja.

Finalmente, a tecnologia aditiva permitiu à Askja adicionar opções de personalização de superfícies para os clientes, sem comprometer a eficiência do sistema de som. "(...) o uso da manufatura aditiva para permitir aos clientes personalizarem seus próprios designs é um recurso tremendo", disse Kwak. "O uso da impressão 3D com FDM da Stratasys permitiu-nos concretizar as nossas aspirações de design e, além disso, é uma parte crucial da proposta de vendas exclusiva da Askja, uma vez que nenhuma outra empresa de sistemas de áudio jamais projetou seus produtos finais com manufatura aditiva".

Amplificador híbrido da Askja impresso em 3D

"
A manufatura aditiva permitiu-nos superar as limitações de usinagem e da manufatura tradicional..."

Didier Kwak
Askja Audio