O que é prototipagem rápida?

A prototipagem rápida (RP – Rapid Prototyping) permite a fabricação rápida de modelos físicos usando dados tridimensionais de CAD (Computer Aided Design). Usada em uma ampla gama de setores, a prototipagem rápida permite que as empresas transformem rápida e eficientemente ideias inovadoras em produtos finais.

As técnicas de prototipagem rápida oferecem vários benefícios,
como:

  • Comunicação rápida e eficiente de ideias de design
  • Validação efetiva da adequação, forma e função do design
  • Maior flexibilidade de design, com a capacidade de realizar rapidamente várias iterações de design
  • Menos falhas de design na produção e produtos finais de maior qualidade!

Prototipagem rápida — Uma breve história

Os sistemas de prototipagem rápida surgiram em 1987 com a introdução da tecnologia de estereolitografia, um processo que solidifica camadas de um polímero líquido sensível à luz ultravioleta usando tecnologia a laser. Nos anos seguintes, outras tecnologias de prototipagem rápida foram apresentadas, entre elas: Fused Deposition Modeling (FDM), sinterização seletiva a laser e manufatura de objetos laminados. O primeiro sistema de prototipagem rápida 3D baseado na tecnologia FDM foi lançado em abril de 1992 pela Stratasys. Já os primeiros sistemas de prototipagem rápida 3D baseados na tecnologia PolyJet foram apresentados pela Objet em abril de 2000.

Como a prototipagem rápida funciona?

A prototipagem rápida, também conhecida como impressão 3D, é uma tecnologia de manufatura aditiva. O processo começa com a obtenção de um design virtual criado por software de modelagem ou CAD. A máquina de impressão 3D então lê os dados do desenho em CAD e deposita camadas sucessivas de material líquido, em pó ou folha, criando o modelo físico a partir de uma série de seções transversais. Essas camadas, que correspondem à seção transversal virtual do modelo em CAD, são combinadas automaticamente para criar a forma final.

A prototipagem rápida usa uma interface de dados padrão, implementada como o formato de arquivo STL, para converter do software de CAD para a máquina de prototipagem 3D. O arquivo STL aproxima a forma de uma peça ou de um conjunto através de facetas triangulares.

Em geral, os sistemas de prototipagem rápida podem produzir modelos 3D em apenas algumas horas. Ainda assim, a variação pode ser muito grande dependendo do tipo da máquina usada e do tamanho e do número de modelos produzidos.